FAQ

R-Motion

1 - Which parameters should be applied to R-Motion® (angles & speed)?

R-Motion® files have been designed and can be used with standard reciprocating modes in existing motors (CCW >> CW).
FKG is launching a cordless endomotor with a preset program dedicated to R-Motion® files and an integrated apex locator: the Rooter® Universal
For more information about this new motor, please contact your local FKG dealer or consult the following link: https://www.fkg.ch/products/endodontics/motor-apex-locator/rooter-universal

 

2 - Can I use R-Motion® files on OTR (Optimum Torque Reverse) motion?

OTR motion is not recommended by FKG for the use of R-Motion® files.

 

3 - What is the metallurgy of R-Motion® and how does it affect the treatment?

All R-Motion® instruments are made of a medical grade NiTi alloy. The active part of the instrument undergoes a proprietary heat treatment that triggers a phase transition (between martensite and austenite) just below body temperature, between 32° and 35°C.

 

4 - Does R-Motion® have constant or variable taper ?

  • R-Motion® Glider has a taper of 3% from the tip to 9mm, then 6%.
  • R-Motion® shaping files have a constant taper.

 

5 - Which cross section for R-Motion®?

Rounded triangular symmetrical cross-section in all instruments.

 

6 - Is R-Motion® recommended for retreatment?

R-Motion® has not been validated for retreatment cases and therefore cannot be recommended for this indication.
FKG recommends using its existing dedicated systems: XP-endo Retreatment or D-Race.

 

 

RACE EVO

1 - What is the metallurgy of RACE® EVO and how does it affect the treatment?

All RACE® EVO instruments are made of a medical grade NiTi alloy.The active part of the instrument undergoes a proprietary heat treatment that triggers a phase transition (between martensite and austenite) just below body temperature, between 32°and 35°C.

 

2 - What is the impact of this new metallurgy on the cutting efficiency of RACE® EVO 4% sequence and RACE® EVO 6% sequence instruments?

The heat treatment does not have a direct influence on the cutting efficiency, it is rather the legacy RaCe design associated with the higher rotation speed (1’000 rpm) that improves the cutting efficiency, by up to 50% compared to former RaCe product lines.

 

3 - What are the resistance to cyclic fatigue and torsional resistance of RACE® EVO 4% sequence and RACE® EVO 6% sequence instruments?

RACE® EVO 4% sequence and RACE® EVO 6% sequence instruments show up to 2.8 times higher resistance to cyclic fatigue and up to 1.9 times higher resistance to torsion.

 

4 - Why is RACE® EVO designed with a safety tip rather than with a booster or active tip?

RACE® EVO’s unique rounded safety tip allows for an efficient progression of the instrument along the canal.

 

5 - Why is it not necessary to have an intermediate file between the rotary glide path file (15/.04) and the initial shaping file (25/.04)?

Thanks to the combination of heat treatment, design and higher speed, an intermediate file is not necessary. You will be convinced when you try it !

 

6 - How many root canals can I treat with a RACE® EVO instrument?

With any RACE® EVO instrument you can treat up to a maximum of 8 root canals. However, you still need to inspect the RACE® EVO instrument on a regular basis during use, and change if it shows any signs of deformation (for example: straightening). The good news is that RACE® EVO instruments, once they have reached the end of their service life, will deform in a visible way before they fracture. This warning is an additional safety feature specific to these instruments.

 

7 - Without SMD (SafetyMemoDisc), how can I know how many canals I treated?

SMD is not needed because RACE® EVO instruments show sufficient resistance to fatigue to guarantee a maximum use of 8 canals, no matter how difficult the curvatures are. However, if you feel more confident with SMD, they are still available separately in the FKG product assortment.

 

8 - Is there any risk if I use RACE® EVO instruments over 1’000 rpm?

To achieve full efficiency of RACE® EVO instruments, FKG recommends a speed of use between 800 and (ideally) 1'000 rpm. FKG cannot recommend the use of RACE® EVO instruments at higher or lower speeds.

 

9 - Is RACE® EVO recommended for retreatment?

RACE® EVO has not been validated for retreatment cases and therefore cannot be recommended for this indication. FKG recommends using its existing dedicated systems: XP-endo Retreatment or D-Race.

 

 

Instrumentos XP-endo®

1 - Porque agem as limas XP-endo® de forma diferente à temperatura ambiente relativamente à temperatura corporal?

A liga MaxWire® foi concebida especificamente para os instrumentos XP-endo®.

Como todas as limas Ni-Ti , os instrumentos XP-endo® têm duas fases:

  • Uma fase martensítica (fase M) em que o instrumento é maleável e pode ser manipulado em qualquer forma.
  • Uma fase austenítica (fase A) em que o instrumento é superelástico e volta sempre à sua forma original após a deformação. Nesta fase, a lima corta a dentina com maior eficácia.

Os instrumentos XP-endo® são concebidos em fábrica para estarem na fase martensítica a 20 °C (temperatura ambiente) e passarem à fase austenítica à temperatura corporal.

 

2 - Como pode uma lima ter mais do que uma conicidade?

O XP-endo® Shaper tem um diâmetro ISO de 0,30 mm e a conicidade do núcleo de metal é 1%. Sai da embalagem à temperatura ambiente na fase M e pode ser deformado.

Quando a temperatura aumenta acima da temperatura corporal, o instrumento move-se para a fase A e expande-se para a sua forma característica em serpentina. Quando o instrumento está a girar, as suas bobinas produzem uma forma de conicidade de 8% (fora do canal).

O que é descrito acima ocorre quando o instrumento está livre, sem resistência à sua expansão. Contudo, no canal, o instrumento será inicialmente constrangido pelas paredes da dentina e depois, cortando-se a dentina, irá lentamente expandir para tentar obter o seu potencial de capacidade de 8%.

Isto significa que a conicidade que o instrumento alcança será dependente do tempo. Geralmente, irá atingir uma conicidade de 4% após 13 a 15 golpes longos no comprimento de trabalho dentro do canal. Uma conicidade menor ou maior pode ser alcançada ao variar o tempo que o instrumento XP-endo® é utilizado. 

 

3 - Como obtenho o meu comprimento de trabalho?

O comprimento de trabalho é determinado de modo similar a uma lima tradicional. Quando o instrumento XP-endo® é inserido no canal radicular, é comprimido entre as paredes da dentina, o que significa que a lima fica mais estreita e tem tendência a estar no seu comprimento máximo.

Contudo, à medida que o canal fica maior, o instrumento expande e o seu alcance diminui ligeiramente.

Em geral, determinar o comprimento de trabalho é muito semelhante a quando utiliza uma lima reta!

 

4 - Qual a diferença entre o XP-endo® Shaper e o XP-endo® Finisher?

  • O XP-endo® Shaper está concebido para cortar uma forma específica no canal que envolve a remoção de dentina. Por outro lado, o XP-endo® Finisher não corta nem molda a dentina. Em vez disso, raspa uma bio-película e os detritos presos à parede do canal sem alterar de todo a forma do canal.
  • O XP-endo® Shaper tem uma capacidade de expansão inferior em comparação com o XP-endo® Finisher. Em comparação com os instrumentos de série do mesmo tamanho, os instrumentos XP-endo® têm a capacidade de aumentar o seu volume de alcance de 3 até 7 dobras para o XP-endo® Shaper e até 100 dobras para o XP-endo® Finisher.

Portanto, o XP-endo® Finisher consegue alcançar áreas onde o XP-endo® Shaper não chega, particularmente irregularidades como defeitos de assimilação ou indentações naturais no interior do canal.

 

5 - Preciso de um XP-endo® Finisher, se o XP-endo® Shaper fizer a função?

Existirão casos em que a capacidade de expansão de 3 a 7 vezes do XP-endo® Shaper será adequada para limpar eficazmente um canal. Contudo, não temos forma de identificar clinicamente esses casos, uma vez que não vemos a dimensão bucolingual na radiografia.

Com o XP-endo® Finisher após cada modelagem de canal, permite a limpeza mecanizada em áreas anteriormente impossíveis de alcançar, independentemente da dimensão bucolingual, presença de indentações e/ou possíveis defeitos de assimilação. 

 

6 - Por que precisamos do XP-endo® Shaper? 

Uma vez que o XP-endo® Finisher tem um tamanho de núcleo de 25/.00 requer um tamanho mínimo de ISO 25 para eliminar a hipótese de bloqueio da ponta. Qualquer sistema de lima pode ser utilizado para obter o tamanho necessário de 25.

Contudo, as vantagens de utilizar o XP-endo® Shaper para obter este tamanho são as seguintes:

  • Substitui uma sequência completa de instrumentos. De facto, após ser alcançado o pré-alargamento de 15/.02, o XP-endo® Shaper necessita apenas de uma dúzia de golpes para cima e para baixo, sobre todo o comprimento de trabalho, para alcançar o tamanho mínimo pretendido.
  • A forma em serpentina do XP-endo® Shaper, a sua flexibilidade e resistência à fadiga cíclica devido a um núcleo de metal de 1% e a sua expansão em áreas onde a resistência é baixa, torna a lima adaptável à anatomia natural do canal. Portanto, a forma natural do canal é respeitada mesmo se a dentina for removida. As limas de núcleo total maquinam uma forma artificial no canal enfraquecendo a raiz em algumas áreas sendo ineficaz na limpeza.
  • O núcleo de metal fino e a forma em serpentina contribuem para a limpeza ao criar turbulência dentro do volume irrigante, melhorando assim o efeito antibacteriano e a remoção de detritos dentinais.

 

7 - Qual é a parte do XP-endo® Shaper que corta a dentina? O XP-endo® Finisher funciona da mesma forma? 

Tanto o XP-endo® Shaper como o XP-endo® Finisher possuem secções transversais triangulares.

A parte externa do núcleo do XP-endo® Shaper corta, ao passo que o XP-endo® Finisher raspa a dentina.

A capacidade de corte do XP-endo® Shaper deve-se ao seu tamanho ISO maior (0,30) e conicidade (0,01). A forma “serpentina”, com as suas inúmeras espirais, aumenta também a sua eficácia de corte.

O XP-endo® Shaper corta a dentina, enquanto respeita a morfologia original do canal e não cria formas redondas, devido à sua forma em serpentina que não é agressiva.

Por outro lado, o XP-endo® Finisher não tem praticamente qualquer capacidade de corte. Isto deve-se ao seu tamanho ISO menor (0,25) e conicidade (0,00). A forma de “foice”, com a sua única lâmpada grande, cria uma ligeira ação de raspar. Toca nas paredes do canal e remove os detritos, a biopelícula e a camada residual. Alcança os tecidos moles e áreas onde não há resistência.

 

8 - Quando retiro o XP-endo® Shaper do canal, parece que perdeu a capacidade de expandir? 

Temos de lembrar que, quando o XP-endo® Shaper é colocado no canal, é espremido para um espaço mais estreito e precisa de tempo para ultrapassar a resistência da dentina e expandir por completo para a sua forma austenite.

Quando removemos o instrumento do canal, está na forma espremida e volta à temperatura ambiente portanto irá permanecer nessa forma.

A única forma de saber realmente se perdeu por completo a sua capacidade de expandir é colocar o instrumento a uma temperatura de 37 °C ou superior (por exemplo, em água quente). Caso não recupere a sua forma de serpentina, deve ser descartado.

 

 

Rooter Universal

1 - How many free memories can I set parameters on my Rooter® Universal?

The device contains two user created file systems: “Rotary File” and “Recipro File”
Rotary File:   4 programmable free memories are available.
Recipro File:   1 programmable free memory is available.

 

2 - Can I connect an external apex locator to my Rooter® Universal?

The Rooter® Universal has an embedded apex locator.

 

3 - Can I adjust the volume of the beeper?

No, the volume of the beeper can’t be adjusted.

 

4 - What is the weight of the handpiece with contra-angle?

The weight of the handpiece and contra-angle is 150 grams. If used with the lighting device, please allow a few extra grams.

 

5 - What is the technology of the mini-motor integrated in the Rooter® Universal?

It is a DC motor.

 

6 - Does the Rooter® Universal have an “Automatic Power Off” function? And can I change its settings?

In stand-by state, the device automatically turns OFF after 3 minutes. This parameter can’t be changed.

 

7 - How long does it takes to fully-charge my Rooter® Universal?

The required time to fully charge the Rooter® Universal is ~ 120 minutes.

 

8 - When fully charged, how long can I use the unit?

Time may vary depending on the usage. The battery capacity is 1200mAh.

 

9 - How much time of work is left when only one bar is shown on the Rooter® Universal battery indicator?

It depends on the usage; it is recommended to charge the handpiece when it reaches the last bar of the battery charge level indicator.

 

10 - What technological generation is the apex locator?

The Rooter® Universal embeds a 6th generation apex locator.

 

11 - Does the Rooter® Universal has an “Apical Auto Reverse” function?

Yes, when the file reaches the apex position set by the user, the motor will automatically rotate in the reverse direction.

 

12 - What are the features of the original contra-angle?

It is a 16:1 contra-angle offering 360° rotation.

 

13 - Can I use another contra-angle than the original one?

FKG Dentaire SA does not recommend to use of other contra-angle with the Rooter® Universal endo motor than genuine ones.

 

14 - How do I clean, disinfect and sterilize the Rooter® Universal components?

Please consult the user manual for any questions relating to cleaning, disinfection and sterilization of the Rooter® Universal components.

 

Velocidade e Torque - Recomendações

Pega de metal CI - Códigos de cor

Os instrumentos rotativos da FKG estão equipados com uma pega de metal CI, marcas de profundidade e um batente endo em silicone.

O objetivo é facultar a identificação fácil do diâmetro ISO (anel largo) e a conicidade (anel estreito). A informação permanece visível quando o instrumento é inserido na cabeça do contra-ângulo.

 

Códigos de cor

 

Pegas de metal CI - Marcas de profundidade

As marcas de profundidade são utilizadas para reconhecer a posição do comprimento de trabalho (WL) no dente e são adicionais ao batente endo. As marcas de profundidade são aplicadas em todos os instrumentos nas gamas XP-endo e Race.

  • Marcas de profundidade aplicadas nos instrumentos com 21 mm/25 mm/31 mm de comprimento

 

  • Exemplos de instrumentos com marcas de profundidade:

 

 

Pegas de metal CM

O anel colorido na pega indica o diâmetro ISO e os SafetyMemoDiscs (SMD) especificam a conicidade dos instrumentos. 

 

Batente endo em silicone

O batente endo é utilizado para marcar o comprimento de trabalho, é radiopaco:

  • O curso identifica a direção original da ponta no canal radicular (instrumentos SSt).
  • As cores ISO indicam o comprimento da lima.

 

Race - Regras de ouro para utilização ideal dos instrumentos Race

  • Velocidade: 600-1000 rpm - torque: 0,5 a 1,5 Ncm, dependendo dos instrumentos veja os detalhes.
  • Movimentos amplos para trás e para a frente, sem utilizar força.
  • Mão leve, deixe o instrumento fazer o trabalho.
  • Trabalhar durante 3-4 segundos, remover.
  • Limpe a lâmina e irrigue o canal.

Race - Quantas vezes pode um instrumento Race ser utilizado

De seguida apresentamos as instruções para o SafetyMemoDisc:

  • 1 pétala corresponde a casos simples, isto é, canais retos, ligeiramente curvados ou largos
  • 2 pétalas correspondem a casos moderadamente complexos, isto é, canais mais curvados ou estreitos.
  • 4 pétalas correspondem a casos complexos, isto é, canais com curvatura extrema ou canais em forma de S, muito estreitos ou calcificados.

Apesar de os instrumentos Race poderem ser esterilizados e reutilizados várias vezes, recomenda-se que sejam utilizados de acordo com o princípio “paciente único” para evitar o risco de contaminação cruzada.